A BIKE, A SUITCASE AND AN UMBRELLA

Construção de instrumento musical a partir de objetos do cotidiano, como batedeira, bicicletas, ventiladores,  rádios, fitas-cassete, etc. Criado para performances de improvisação livre, os sons são gerados aleatoriamente e a manipulação do instrumento é de pouco controle. Exibido na London College of Communication, Tate Modern, Tate Britain, Conexões Globais, entre outros. 

 

PARAFUSO DE ALGODÃO

Conceito, direção geral e roteiro do espetáculo. Trilhas originais criadas a partir de instrumentos musicais concebidos especialmente para a peça. 

Utilização de tambor de PVC com fita-durex, cello de papelão e potes de cerâmica para música "Maria Certeza' da banda DINGO BELLS.

Aro de bicicleta, projetor de Super8, grelhas de churrasco, entre outros objetos, são utilizados como percussões-sucatas na banda APANHADOR SÓ. Um dos seus instrumentos vira a logomarca da banda, uma bicicleta de criança.

 

DARKROOM

Performance inspirada no trabalho da fotógrafa Sally Mann, exibida na Photographer's Gallery, em Londres. Escultura sonora construída com fitas-cassetes, potes de plástico e líquidos de revelação fotográfico. 

 

RISCOS NO AR

Gravação de disco autoral e criação de esculturas sonoras. Este projeto está em desenvolvimento e conta com o apoio da Prefeitura de Porto Alegre e Coletivo Contorno. Abaixo seguem fotos e desenhos do processo: